30 setembro 2016

subúrbios! Como são os subúrbios de algumas cidades do mundo

Normalmente, os turistas só veem a parte mais bonita das cidades que visitam: os centros históricos, as principais atrações e lugares de interesse. Mas poucos param para pensar que a maioria da população não vive nesses lugares pitorescos, mas nos subúrbios comuns. O Incrível.club decidiu mostrar os subúrbios de algumas cidades turísticas que acabam tendo muito em comum. Em alguns locais, eles viram atrações turísticas.
 

Hong Kong

Tóquio

Moscou

Londres

Atenas

Seul

Lisboa

Barcelona

Nova Iorque

Tallinn

Deli

Rio de Janeiro

Berlim

Paris




 https://incrivel.club/admiracao-lugares/como-sao-os-suburbios-de-algumas-cidades-do-mundo-109710/

Quarto infantil

Por Casa e Jardim

Boas sacadas de decoração infantil

Veja cinco ideias possíveis para o quarto das crianças

Todos querem montar um ambiente dos sonhos para os filhos. Mas nem sempre os desejos dos pequenos cabem no orçamento familiar. Aqui mostramos que é possível criar um quarto infantil bacana gastando pouco. Basta usar a criatividade e colocar a mão na massa. As crianças também podem ajudar. Veja as ideias:

 (Foto: Celia Weiss/Casa e Jardim e divulgação)

Galeria de arte
Para decorar as paredes, aproveite os desenhos que as crianças fazem. Elas se sentirão prestigiadas! Fotos da família também valem. No projeto da arquiteta Fernanda Moreira Lima, uma prateleira contínua exibe os quadros feitos pelos irmãos Mattia e Paolo, 6 e 4 anos.



 (Foto: Victor Affaro e Carlos Andres Varela/Casa e Jardim)
 


O sonho das meninas
Para dar um toque de fantasia ao quarto, faça uma cama de princesa com tecidos. Use panos fininhos e prenda-os com cordas. As garotas vão adorar. Na foto, projeto da designer de interiores Silvia Cavalcanti para sua filha Rafaela.


 (Foto: Lufe Gomes/Casa e Jardim)


Capricho nos detalhes
Sem grana para trocar todos os móveis? Invista apenas nos acessórios coloridos. Almofadas e bandeirinhas são detalhes que fazem toda a diferença e você mesma pode costurar, usando até retalhos de tecido. Chame sua filha para ajudar, ela vai adorar ter algo feito por ela mesma. Na foto, Giovana, 6 anos, no quarto feito por sua mãe, a designer de interiores Daniela Berland.

 (Foto: Lufe Gomes/Casa e Jardim)


Charme do passado
Reaproveite móveis bons da sua infância. Ou peças herdadas de outras crianças da família. Assim você economiza nas compras e ainda traz mais história para o ambiente. O arquiteto Thiago Passos usou no quarto de sua filha Olivia uma cômoda entalhada de família e a pequena cadeira de balanço que tinha quando era pequeno.


 (Foto: Victor Affaro/Casa e Jardim)


Parede divertida
Há opções em conta de adesivos decorativos. É um jeito bacana de tirar o branco das paredes sem ter que gastar com pintura ou papel de parede. A paisagista Claudia Diamant criou uma casinha de tecidos adesivos para sua filha, 2 anos. Ali, ela pode brincar de casinha e soltar a imaginação.



http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/Ambientes/Quarto/Quarto-de-crianca/noticia/2014/02/decoracao-infantil-sem-gastar-muito.html

LAR DOCE LAR! 17 coisas em que as visitas reparam quando vão à sua casa


  Por Amanda Cruz

Você fica tenso quando chega gente na sua casa? A equipe de Casa e Jardim e seus leitores fieis ajudaram a desvendar o mistério: o que realmente faz a diferença na hora de receber pessoas em casa? Descubra logo abaixo!

Encha sua casa de flores por todos os cantos e de todas as cores. Elas embelezam os ambientes de um jeito inigualável e ainda têm um cheirinho delicioso (Foto: Editora Globo)

 

Deixar a casa impecável antes de receber os amigos é quase uma tarefa impossível, principalmente pela correria do dia a dia. Nessas horas, vale focar no que importa de verdade. Para trazer uma luz sobre o assunto, reunimos nossa equipe para saber no que cada um repara quando chega na casa de outra pessoa e também pedimos em nossas redes sociais para que os leitores contribuíssem com essa pesquisa. Veja o resultado:


1. Nariz afiado | “Reparo nos cheiros da casa e na limpeza do lavabo.” Thais Lauton, editora-chefe
 
2. Estante, iluminação e açucareiro | “Olho a estante de livros das pessoas. Fico procurando publicações de autoajuda... hehehe. Reparo na iluminação e fico irritada quando não há luz indireta. E tenho vontade de ir embora quando a pessoa tem apenas aquelas lâmpadas fluorescentes brancas, que deixam a casa parecendo uma enfermaria. Também observo se o açucareiro está cheio, uma neura que herdei da minha mãe. Açucareiro vazio jamais!” Mariana Mello, editora digital

3. Cabelo, cabeleira, cabeludo | “Fico de olho na limpeza do lugar e se tem cabelos no chão. Não só no banheiro”. Bruna Menegueço, editora assistente digital

4. Teste do sofá |  “Observo o sofá, pois acho que é possível conhecer  o estilo de vida do anfitrião por ele. Dá pra saber se a pessoa é mais do tipo que gosta de receber gente ou de se esparramar no sofá.” Luiz Lula, designer

5. Tá clean | “Reparo na limpeza (banheiro, principalmente) e em tapetes, porque não gosto.” Keila Cordeiro, designer

6. Paredão | “Reparo nas paredes! Procuro coisas bacanas penduradas, papel de parede e cores.” Bruna Pereira, estagiária de produção

7. Plantinhas | “O que mais me chama a atenção em uma casa é a jardinagem.” Laerte Neide Lozano, via Facebook

8. Visão de conjunto | “Observo o todo, como organização e limpeza. Não precisa ser tudo muito arrumado, mas o detalhe de uma flor, um quadro alegre e cores calmas fazem a diferença.” Solange Mattoso Reis, via Facebook

9. Evoluída | “De toda maneira, a casa é só uma primeira impressão. Depois disso, o que conta é uma boa conversa né?” Karla Muller, via Facebook

10. Eles dizem tudo | “Nos quadros. Quadros de bom gosto são sinônimo de pessoas interessantes.” Bob G Lagreca, via Facebook

11. Quando o sol bater... | “Se a casa tem bastante entrada de luz natural. Pra mim casa boa é casa que deixa a luz do sol entrar.” Lívia Bigoloti Verdério, via Facebook

12. Papo reto | “Procuro vigas, alinhamento das janelas, pisos retos.” Alinie de Souza, via Facebook

13. Intolerância à bagunça | “Como sou maníaca por ordem, visitar alguém que tem a casa bagunçada me deixa louca. Com certeza não retorno.” Carmen Paluch, via Facebook

14. Nada fake | “Nas louças servidas à mesa e se as flores são naturais ou não.” Sissi Milton Pereira, via Facebook

15. Mais cor por favor | “Cores. Uma casa colorida sempre me chama a atenção. Não consigo parar de pensar que cor tem a ver com alegria e alto astral e sempre penso que ali mora uma família divertida.”  Mariana Maia, via Facebook

16. De olho no chão | "Reparo no piso. Acho que um belo piso é tudo!" Karine Araújo Lascaux, via Facebook

E, como não poderia faltar...
17. O conectado | “Reparo se tem Wi-Fi.” André Zana Santos, via Facebook



http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2015/08/17-coisas-em-que-visitas-reparam-quando-vao-sua-casa.html

29 setembro 2016

ATRAÇÃO


8 dicas cientificamente testadas para parecer mais atraente

O que faz de alguém uma pessoa atraente? Muitos já deve ter se perguntado isso, e, enfim, pesquisadores resolveram investigar para pôr um pouco de ciência no que era apenas, digamos, palpite. Estudiosos de diversos países trabalharam duro para identificar traços comuns encontrados nas pessoas tidas como mais atraentes que as outras.
O Incrível.club reuniu as informações mais convincentes para que você repense a forma como se apresenta ao mundo.

Senso de humor

Todos sabemos que, se uma pessoa é divertida, acaba atraindo os outros. Se você tiver um senso de humor saudável com relação a si mesmo, seu charme aumenta muito. Uma série de estudos indica que as mulheres se sentem mais atraídas por homens que as fazem rir. Já para os homens, o senso de humor das mulheres não é tão importante, mas um belo sorriso sempre causa boa impressão.

O ambiente ao redor

Pesquisadores da Universidade da Califórnia descobriram que as pessoas parecem mais atraentes quando estão com um grupo de amigos. Isto acontece porque nosso cérebro processa os rostos das pessoas em conjunto, considerando os “traços medianos“. E, de forma geral, os ”medianos" são atraentes.

Postura

Estudos mostram que uma postura aberta e segura deixa qualquer um mais atraente ao conhecer gente nova. Ou seja, a dica é receber de braços abertos as pessoas a quem acabou de conhecer.

Comunicação

Segundo informações de uma pesquisa de Harvard, quando você só fala de si mesmo, o cérebro do seu interlocutor ativa a mesma área que entra em ação quando ela ouve alguém falar do que comeu, por exemplo. Pura chatice. Por outro lado, quando fazemos perguntas profundas e pouco comuns, podemos cativar facilmente o interlocutor.

Qualidades de líder

As pessoas se sentem atraídas por líderes. Além disso, de acordo com um estudo, grupos de pessoas tendem a acreditar que seu líder é mais atraente do que quem não pertence ao mesmo círculo. Por exemplo, o diretor de uma empresa pode parecer mais atraente para seus empregados do que para quem não trabalha na mesma companhia.

Expressão facial

Em duas experiências, pesquisadores suíços estudaram a conexão entre a atração e o sorriso. Eles descobriram que, quanto mais aberto e sincero é o sorriso, mais atraente se torna o rosto. Isso porque a expressão de felicidade pode compensar a falta de atrativos.

Atitude perante os outros

A bondade é sempre atraente. Em 2014, pesquisadores chineses descobriram que, quando nós ouvimos algo sobre alguém, consideram nosso rosto mais atraente. Então, seja bondoso e amável. Assim, você será visto como uma pessoa agradável pelos outros, além de ajudar a construir um mundo melhor.

Qualidades pessoais

Não existe uma fórmula correta para ser atraente. Afinal de contas, beleza é algo muito subjetivo. Destacando esta informação, uma pesquisa demonstrou que o ambiente em torno de uma pessoa, sua experiência e suas preferências influenciam em seu nível de atratividade. Por isso, seja sempre você mesmo. Alguém irá se interessar ao se atrair por quem você é de verdade.




Fonte iflscience
https://incrivel.club/inspiracao-relacionamento/8-dicas-cientificamente-testadas-para-parecer-mais-atraente-139860/
Tradução e adaptação Incrível.club

28 setembro 2016

Donald Trump




Mapa do mundo segundo a visão de Donald Trump

Artista búlgaro criou um mapa baseado nas declarações do candidato republicano

 

 


Yanko Tsvetkov, um ilustrador búlgaro, criou um mapa do mundo (que reproduzimos com sua permissão) com uma divisão política do mundo de acordo com a visão do magnata. Essas são as declarações e as ações de Trump que inspiraram os principais pontos no mapa.  
Canadá = Fraquinhos. Trump nunca disse isso sobre os canadenses, mas também nunca falou bem do país. No começo de 2016, disse que uma vez eleito pensava em acabar com o Tratado de Livre Comércio com esse país e o México porque é um “tratado inútil”. Muitos norte-americanos, incluindo celebridades como Lena Dunham e Whoopi Goldberg, pensaram em se mudar ao Canadá se Trump se tornar presidente. Quando a imprensa perguntou ao candidato o que ele pensava a respeito, disse: “Adoraria que isso se tornasse realidade e que fossem embora. Agora tenho ainda mais motivos para ganhar”.
Estados Unidos = Trump. Acreditamos que esse não precisa de explicações.
México = Estupradores. O candidato disse isso quando anunciou sua candidatura em junho de 2015: “O México está enviando pessoas que têm muitos problemas, está nos enviando seus problemas, drogas, estupradores, e acredito que alguns sejam boas pessoas, mas eu falo com agentes da fronteira e me contam o que acontece”.
América do Sul = Um viveiro para o concurso de Miss Universo. O empresário foi dono da competição de 1996 a 2015. Após seus polêmicos comentários sobre os imigrantes mexicanos, as redes de televisão Univisión e NBC suspenderam seus contratos de transmissão da disputa. Em setembro desse ano, Trump vendeu suas ações do concurso de Miss Universo. As concorrentes de sete países da América do Sul ganharam um total de 14 títulos na história da disputa. É a região com mais coroas.
No meio do Oceano Atlântico = Uma fortaleza contra os muçulmanos(construídas pelos pais fundadores dos Estados Unidos). Dois dias depois doatentado em San Bernardino (Califórnia), o candidato anunciou uma proposta para bloquear o acesso dos muçulmanos aos Estados Unidos, “até que nossos representantes saibam o que fazer com eles”, disse. “Acredito que o Islã nos odeia (ao Ocidente)”, comentou o candidato em uma entrevista com Anderson Cooper da CNN em março de 2016.
Europa Ocidental = A nova Meca. Trump afirmou em uma entrevista ao jornal britânico The Times em junho que a imigração de refugiados sírios à Europacausará “o colapso da União Europeia”, e acrescentou: “Em 10 anos será completamente irreconhecível”. Um ano antes, Trump disse isso sobre os refugiados em um programa da CBS: “Isso poderá ser o maior Cavalo de Troia jamais visto. O Cavalo de Troia original não seria nada em comparação se muitas dessas pessoas forem membros do Estado Islâmico”.
Rússia = Exterminadores do Estado Islâmico. Em abril de 2016, Trump publicou em seu site suas propostas para acabar com o terrorismo. Uma delas é uma aliança com a Rússia e Vladimir Putin para acabar com o EI. “Nem sempre podemos escolher nossos amigos, mas nunca podemos nos enganar ao reconhecer nossos inimigos”.
África do Norte e Oriente Médio = terroristas. Algo que o candidato disse em mais de um discurso e entrevistas é que antes da Administração de Barack Obama (com Hillary Clinton como Secretária de Estado), o Oriente Médio era “um oásis de estabilidade”. O atual Governo norte-americano, segundo o candidato, ajudou o EI a transformá-lo em uma região de terrorismo.
África Central = o lar de Obama. Em 2011, Trump começou uma campanha para exigir que o presidente mostrasse sua certidão de nascimento, pois ele e outros republicanos afirmam que não é um cidadão norte-americano. Essas suspeitas são baseadas na nacionalidade queniana de seu pai. Nesse mesmo ano, a Casa Branca divulgou uma cópia da certidão de nascimento do presidente demonstrando que ele nasceu em Honolulu, Havaí.
China = Especialista em muros. Isso tem mais a ver com o México do que com a China. Tsvetkov imagina que Trump se inspirou na Grande Muralha da China construída pela Dinastia Ming no século VI a.C. para se defender dos hunos (por isso a Mongólia, onde viviam, seria a Ásia Mexicana). Uma das propostas do republicano para resolver a situação da imigração ilegal aos Estados Unidos é construir um enorme muro fronteiriço e fazer com que o México pague por ele. Em sua recente visita ao país, Trump disse que não havia discutido com o presidente Enrique Peña Nieto sobre o financiamento do projeto. Horas depois, em um evento no Arizona, afirmou que será o México a pagar por ele. Essa contradição, vista pelos mexicanos como um insulto, gerou uma crise para o Governo Federal.
“Fiquei muito surpreso com o convite a Trump para que visitasse o México”, diz Tsvetkov ao EL PAÍS por e-mail. “Sabendo como seu comportamento é desrespeitoso e incoerente, minha única expectativa era que humilhasse seu anfitrião e utilizasse a visita para sua propaganda xenofóbica. Não entendo como o México não chegou à mesma conclusão”.
O mundo segundo Donald Trump é a mais recente aquisição à série Atlas of Prejudice (Atlas do Preconceito) que o ilustrador e cartógrafo realiza desde 2009. A coleção inclui mais de 100 mapas do mundo, da Europa e Estados Unidos com divisões políticas baseadas nos estereótipos de certas nacionalidades e regiões. Tsvetkov publicou versões do Atlas em seis idiomas e vendeu mais de 100.000 cópias desde 2009.
O ilustrador diz que criou o mapa baseado na visão de Trump quando este propôs proibir o acesso aos Estados Unidos a todos os muçulmanos no final de 2015. “Não conseguia parar de rir, não porque o assunto não seja grave, mas porque não podia acreditar que alguém tivesse tal ideia”. Tsvetkov também se surpreende com o fato de que após essa declaração e comentários de Trump sobre o México, o empresário tenha se transformado no candidato presidencial republicano. “Esperava que as pessoas se dessem conta de quem ele realmente é: alguém que não é capaz de liderar um país, muito menos uma superpotência”.
“Fiquei muito surpreso com o convite a Trump para que visitasse o México”, diz Tsvetkov ao EL PAÍS por e-mail. “Sabendo como seu comportamento é desrespeitoso e incoerente, minha única expectativa era que humilhasse seu anfitrião e utilizasse a visita para sua propaganda xenofóbica. Não entendo como o México não chegou à mesma conclusão”.
O mundo segundo Donald Trump é a mais recente aquisição à série Atlas of Prejudice (Atlas do Preconceito) que o ilustrador e cartógrafo realiza desde 2009. A coleção inclui mais de 100 mapas do mundo, da Europa e Estados Unidos com divisões políticas baseadas nos estereótipos de certas nacionalidades e regiões. Tsvetkov publicou versões do Atlas em seis idiomas e vendeu mais de 100.000 cópias desde 2009.
O ilustrador diz que criou o mapa baseado na visão de Trump quando este propôs proibir o acesso aos Estados Unidos a todos os muçulmanos no final de 2015. “Não conseguia parar de rir, não porque o assunto não seja grave, mas porque não podia acreditar que alguém tivesse tal ideia”. Tsvetkov também se surpreende com o fato de que após essa declaração e comentários de Trump sobre o México, o empresário tenha se transformado no candidato presidencial republicano. “Esperava que as pessoas se dessem conta de quem ele realmente é: alguém que não é capaz de liderar um país, muito menos uma superpotência”.
http://brasil.elpais.com/brasil/2016/09/09/internacional/1473382231_403546.html?id_externo_promo=ep-ob&prm=ep-ob&ncid=ep-ob

Informativo KMM

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

BLOG: Informativo KMM

Minha foto

Com bela fotografia e conteúdos ecléticos, o BLOG Informativo KMM tornou-se um guia indispensável para o encontro dos profissionais e empresas do setor. Acompanhe e VISITE O BLOG! http://informativokmm.blogspot.com.br