12 março 2010

ALERTA! Tá faltando preto na passarela!

Acho que parte dos problema somos nós, negros, que muita das vezes não forçamos a nossa voz. Quem está no poder não quer dividir, cabe a nós pressionarmos a nossa entrada.
Os fashionistas estão eufóricos com o início de mais uma temporada de desfiles com o início do Fashion Rio amanhã (8/2) , mas a pergunta que inquieta Prêta-à-Porter é se veremos mais modelos negros na passarela este ano?

No ano passado, o Ministério Público de São Paulo e a organização do São Paulo Fashion Week - maior evento de moda do País - fecharam um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) que prevê cota para a participação de ao menos 10% de modelos negros nas passarelas. O documento prevê multa de R$ 250 mil caso as grifes não cumpram a medida.

Mas será que cota na moda é a melhor solução para o problema? Qual seria a real causa por não vermos modelos negros nas passarelas brasileiras_ A resposta não é fácil, já que ninguém esta disposto a falar abertamente sobre o assunto e fica num jogo de empurra-empurra.

Os estilistas culpam as agências por não mandarem modelos negros para os castings.
"A oferta de modelos negros é menor", disse o estilista Alexandre Herchcovith. "São as agências (de modelos) que têm que fazer um trabalho maior para recrutar mais negros, não acho que é culpa do estilista."

Helder Dias, diretor da HDA Models, que agencia 250 modelos negros, diz que a decisão do MP é positiva, já que, na moda, "o preconceito é escancarado." "Nossa agência completou nove anos de existência. Durante todo este período, a frase que mais ouvi foi a de que o modelo não atende ao perfil e não representa o cliente", lamenta Dias.



O agente de modelos Bruno Soares explica a polêmica pela ótica financeira, afinal de contas, quem consome as grifes que desfilam no SPFW é uma maioria branca, de classe social mais alta.

"Além do preconceito racial, o preconceito social é muito mais forte", disse. "Na França, eles colocam um monte de modelos asiáticas porque a Ásia virou um grande investidor, por exemplo."

Sejam quais forem as explicações, acho que nada justifica a falta de diversidade brasileira no mundo da moda que, cá entre nós, não é a única que não representa propriamente a multiplicidade brasileira. Mas isso já é assunto para um outro post.

Vou acompanhar de perto o Fashion Rio, atualizando o blog. Fique ligado!


Fonte: http://www.pretaaporter.com/2010/01/ta-faltando-preto-na-passarela.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e volte sempre!

Informativo KMM

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

BLOG: Informativo KMM

Minha foto

Com bela fotografia e conteúdos ecléticos, o BLOG Informativo KMM tornou-se um guia indispensável para o encontro dos profissionais e empresas do setor. Acompanhe e VISITE O BLOG! http://informativokmm.blogspot.com.br