23 junho 2014

O DIREITO DE SER DIFERENTE



 



Muitos casais sonham em ter filhos. Jogar bola, videogame, brincar de casinha e contar histórias antes de dormir enfeitam a felicidade de ser pai. Por vezes os pais ficam ansiosos quando estão esperando bebê, desta forma, se algo não acontece da maneira planejada a família toda fica em choque. Isso ocorre quando a criança nasce com uma deficiência física ou mental, eles sentem como se seus sonhos não fossem se concretizar.


Hoje em dia, a maioria dos casos de deficiência pode ser diagnosticado antes do nascimento, através dos exames de pré-natal. Porém, às vezes a família só fica sabendo quando o neném nasce. Pais de primeira viagem nunca estão preparados, ainda mais quando se trata de uma criança especial. Abordar este assunto com uma mulher grávida chega ao cúmulo de soar como uma indelicadeza. Isso porque ainda existe muito preconceito com os deficientes. Alguns, pais quando descobrem a doença ainda na gestação, preferem abortar, ainda que ilegalmente. Outros têm a criança, mas sentem tanto medo do sofrimento que o preconceito causará que acabam superprotegendo o bebê.

Os casais que pretendem ter filhos devem ter em mente que há possibilidade da criança nascer ou adquirir uma deficiência, mas é possível ter uma vida saudável da mesma forma. O primeiro preconceito vem dos próprios pais na hora de assumir a doença.

A atriz  Joana Mocarzel

A atriz mirim Joana Mocarzel, sete anos, é prova de que o desenvolvimento, neste caso de crianças portadoras de síndrome de down, é possível, basta haver incentivo. O jogador de futebol Romário tem uma filha também com síndrome de Down , e diz: “ a gente sabe que ela é definitivamente mais do que especial. Tenho certeza de que ela vai ser uma das pessoas mais maravilhosas que Papai do Céu pois na Terra”.


Os deficientes físicos e mentais são lições de vida; eles são perseverantes, têm força de vontade e uma alegria de viver que contagia; muitos são mais felizes em suas condições do que aqueles considerados perfeitos. A deficiência depende muito da abordagem feita. Se for encarada como um problema, o desenvolvimento será complicado, se considerado um desafio, superar pode ser gratificante. As dificuldades existem, mas isso não é diferente para nenhum ser humano. 

Na realidade o GRANDE e VERDADEIRO AMOR é o único bem indescritível! Na foto eu, Kelly Cristiane e meu filhinho Felipe, que é portador de necessidades especiais.


Fonte: http://palomasilistre.blogspot.com

Um comentário:

  1. "As pessoas do mundo poderão ignorar uma criança deficiente, porém, a mãe amará sempre sem observar seus defeitos."

    ... E para aqueles que enchem a boca para falar mal de um ser humano pelo seu estado físico, chamando-os de retardados, fica aqui minha indignação e minha piedade por essas pessoas, que infelizmente possuem um dos piores preconceitos, ou seja, a pior de todas as deficiências: de amor pelo próximo, da falta de caráter e de respeito. Essas sim precisam tratar sua alma, seu coração, seu corpo e principalmente sua insanidade mental para curar-se do tamanho preconceito que carregam consigo.

    ... Nada é mais “DEFICIENTE que o preconceito”
    e nada “mais EFICIENTE QUE O AMOR.”

    Rejane Santos

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário e volte sempre!

Informativo KMM

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

BLOG: Informativo KMM

Minha foto

Com bela fotografia e conteúdos ecléticos, o BLOG Informativo KMM tornou-se um guia indispensável para o encontro dos profissionais e empresas do setor. Acompanhe e VISITE O BLOG! http://informativokmm.blogspot.com.br