23 março 2012

18 tipos de blogueiros que eu não valorizo

Publicado por: Iago Melanias

Na internet, é muito comum encontrar pessoas que agem errado e não merecem ser valorizadas. E no artigo de hoje, trouxemos 18 tipos de blogueiros que não merecem ser valorizados… pelas suas atitudes eles mostram isso, claro! E então, creio que seria de altíssima relevância mostrar para os blogueiros, pessoas que não merecem ser valorizadas, e principalmente para os que agem errado e para os iniciantes, que precisam ter uma noção disso. Algumas dos tipos aqui citados, são grandes exemplos para a vida e para a reflexão. Veja se você não está fazendo nada errado!

Os que não se misturam com a massa.

Blogueiros que não se misturam com a massa!

Esse tópico, para mim, é algo que fortalece ainda mais a desunião na Blogosfera. Existem blogueiros que são fechados para outros só porque eles “não são do mesmo nível” que ele. Talvez por simples números, ou por número de faculdades. Mas o importante é saber diferenciar que aqui, o melhor é quem está fazendo o melhor trabalho. E não existe faculdade para ser blogueiro (pelo menos que eu conheça), então, todos são iguais.

Os que não valorizam a concorrência.

Blogueiros que não valorizam a concorrência! 

Outro ponto extremamente importante, é valorizar a concorrência, por exemplo, blogueiros que não leem blogs concorrentes só porque eles não são do mesmo nível, esse é um ponto interessante. Eu mesmo mantenho uma lista bem grande de blogs que leio todos os dias. E tenho certeza que quem mantém uma lista de blogs para leitura em seu feed está agindo de forma correta. Não só leia, mas também valorize o blog pelo trabalho que ele está fazendo, é algo preciso.

Os que não evoluem com as críticas.

Blogueiros que não evoluem com as críticas 

Certamente, esse é um ponto que dou um grande valor. É preciso enxergar sempre o propósito de tudo. As vezes, encontro casos de blogueiros que enxergam críticas como ofensas e algo que veio apenas para afetar o trabalho do mesmo. Esquecem até, que o propósito pode ser apenas ver uma melhora na atitude. É assim que começam as maiores inimizades. Isso porque não souberam puxar a essência da crítica.

Os que se sentem sempre “os certos”.

É importante saber que as vezes estamos errados, que precisamos mudar nossa opinião, que precisamos mudar nosso conceito. Mas isso não acontece sempre. Ainda há blogueiros que insistem em algo que está errado, e a persistência não é relevante nesses casos. É preciso analisar bem o que está sendo tratado e qual a crítica feita, e tentar melhorar com isso, evoluir. Isso é importante.

Os que são sempre as vítimas.

É chato ver blogueiros que estão sempre se sentindo atacados, quaisquer críticas feitas, eles vem com 7 pedras e atiram em você, com absoluta certeza que é exatamente o que ele acha que está sendo criticado, as vezes trata-se apenas de pontos de vista diferentes. Sentir-se a vítima não vai encobertar erros e não vai fazer com que você saia certo.

Os que não produzem bom conteúdo.

Blogueiros que não produzem bom conteúdo

Esse tipo de blogueiro é realmente o que menos merece valorização. Produzir conteúdo é uma base para qualquer blog. Não se fideliza leitores se você não produz algo dedicado para eles. Dessa forma, como construir um bom blog sem leitores fidelizados? Aqueles que estão sempre comentando e interagindo com você? Realmente não há como, é preciso produzir sempre e em ótima qualidade!

Os que plagiam.

Mais um exemplo que não merece valorização, é o tipo de blogueiro que plagia. Aquele que nem se preocupa em escrever uma palavra no artigo. Ele vai num artigo qualquer, dá um ctrl+c e um ctrl+v no conteúdo e no título, e fica por assim mesmo. O pior trabalho em identificar esses blogueiros, é que eles nunca vão crescer na blogosfera, e é difícil identificar blogs que estão te plagiando com base nisso, ou seja, não temos controle total sobre a blogosfera, sempre há um blog ali ou aqui que está te plagiando e você não sabe.

Os que não enxergam que estão fazendo errado.

Blogueiros que não enxergam que estão fazendo errado! 

É importante sempre evoluir com sugestões, mas estar errado é um princípio para melhorar algo, “é com erros que se aprende”, e isso é preciso ser levado mais a sério. Não podemos nos deixar iludir por opiniões formadas, conceitos que são esses e sempre serão. Tento sempre evoluir com as críticas que me fazem, e sem isso, eu não estaria aqui, teria desistido, provavelmente, pois não iria ver melhora sobre as minhas opiniões.

Os que não respeitam, e querem ser respeitados.

Rsrs! Esse é um ponto muito forte, “blogueiros que agem errado, mas mesmo assim querem que os outros tratem-o de forma correta”. Certamente já vi muitos casos de blogueiros assim. Na vida real, isso ainda é mais comum, pessoas que me xingaram, e quando receberam um xingamento ou uma crítica ao xingamento (normalmente faço uma crítica, pois não gosto de xingar as pessoas), ficaram com raiva. Eles desrespeitaram e depois pediram respeito, hahaha!

Os que não admitem quando enxergam que estão errados.

Esse é um outro tipo de blogueiro que não valorizo. Aqueles blogueiros que sabem que estão errados, mas não admitem. Blogueiros que insistem em agir errado, e insistem mais, e persistem, mesmo sabendo que estão errados. Mas eles não querem perder a razão e mostrar para seus leitores que não são tão bons exemplos. Mas isso apenas mancha ainda mais a imagem.

Os que se acham os superiores sempre.

Blogueiros que querem ser superior sempre! 

Esse é um dos blogueiros que eu menos respeito e menos valorizo (ou, simplesmente, não valorizo absolutamente nada!), odeio pessoas que querem se sentir superiores a você porque tem algo a mais. Isso desvaloriza o trabalho dos pequenos e faz com que eles fiquem se incentivo, já que são pequenos, não sabem muito e não dá para ensinar algo se você não entende muito sobre aquilo. Outra série de casos podem ocorrer, como por exemplo, blogueiros que têm mais assinantes de feed, mais seguidores no Twitter e Google+, entre outros, e com isso, ficam com estampa dos melhores… os melhores não é equivalente aos melhores números.

Os que valorizam a qualidade pelos números.

É importante diferenciar a qualidade dos números. Muitos blogs tem milhares de visitas diárias, porém, os leitores não tem qualidade ao escrever um comentário, ou simplesmente, o blog recebe poucos comentários. é preciso cativar o leitor e mostrar o real motivo pela qual ele iria querer acompanhar seu blog fora do seu feed. É assim que se constrói um público de qualidade, e não por causa de números.

Os que não valorizam cada comentário, cada leitor, cada opinião…

EU não gostei do seu comentário! 

Certamente você já ouviu falar em blogueiros que tem critérios ridículos (infelizmente) para moderar comentários, tais blogueiros não valorizam a opinião do leitor e não aceitam comentários que não sejam bom para o ego do moderador. Blogueiros que só aceitam os comentários que eles quiserem na hora que eles quiserem. Agora, precisamos antes de mais nada, agradar o moderador, se não, nossa opinião é censurada.

Os que não tem ética e postura.

Manter a ética e a postura na Blogosfera é um princípio. Se você não souber se controlar em algumas críticas, ofensas ou coisa do tipo, você provavelmente mostrará ser incapacitado e mostrará que não soube manter o equilíbrio emocional. Portanto, mantenha sempre a ética e a postura para evitar que casos como esse aconteçam, esteja sempre investindo em um blog de qualidade e esqueça o pessoal neste momento, afinal, a blogosfera é um local profissional e merece profissionalismo de todos os componentes. Então, antes de se descontrolar, reflita um pouco sobre as consequências que isso irá causar.

Os que não seguem as dicas que eles ensinam.

É realmente ridículo ver blogueiros que dizem “faça coisa tal”, e você ainda tem a infelicidade de o ver fazendo algo totalmente diferente e contraditório. É triste saber que as pessoas agem dessa forma. É como ensinar para seu filho não se drogar, e você ser um drogado. É como pedir para seu filho estudar e arrumar um emprego, enquanto você está desempregado e não estudou. Por mais que seja importante ensinar o certo, é algo estranho ensinar algo certo se você age errado. E principalmente aquele tipo de blogueiro que pode mudar a sua forma de agir em segundos, mas insiste em agir errado e tentar ensinar o certo, querendo que as pessoas façam, obrigatoriamente, algo certo também.

Os que aprendem com você, mas não admitem.

A blogosfera é um lugar de evoluções. Todos os dias, surgem debates sobre algum assunto, por mais que o local seja em um simples comentário, num artigo, num grupo fechado ou numa discussão entre amigos blogueiros. Sempre é feita uma discussão sobre algo. Mas evoluir é preciso, porém, blogueiros evoluem e não sabem admitir que faziam errado… e agora estão fazendo certo! E ainda insistem em manter a sua postura e “ética”(entre aspas mesmo!).

Os que criam artigos com títulos descontextualizados só para chamar atenção.

Título descontextualizado no Post 

Esse ponto, na minha opinião, é algo ridículo, estúpido, medíocre. Ainda existem blogueiros que criam um artigo dizendo algo, e no título, colocam um artigo bem diferente. Ou eles não souberam se expressar corretamente… ou simplesmente, queriam ganhar mais visitas e mais curiosidade por parte dos leitores. Por mais que isso possa ser eficiente, é estúpido e não deveria existir. Se você quer criar um artigo e não sabe o que colocar no título, faça primeiro o artigo e depois tire suas conclusões. Não cometa o erro de criar um artigo nada relacionado com o título que ele apresenta. Não faça isso!

Os que te criticam sem nem conhecer o seu trabalho.

Esse problema é realmente sério. Já vi alguns blogueiros que chegaram a xingar blogueiros que nunca sequer conheciam, provavelmente não acompanhavam o trabalho deles também, e também não souberam tirar suas conclusões e estudar melhor. Simplesmente atacaram e xingaram, sem nem saber de quem se tratava. É importante ter ética e produzir bons conteúdos. Mas é chato ver pessoas que nem sequer veem o que você escreve falando mal de você, são os chamados desinformados, ou trolls, que estão lá só para desvalorizar seu trabalho, sem nem pensar que podem estar ofendendo um blogueiro, por mais que não o acompanhe e não saiba se está afirmando algo certo. 
E você? Que tipos de blogueiro você desvaloriza?

Achei bastante interessante este post, só faltou vir acompanhado pelo  bolinho de semancol com chazinho de sefragol, hehehe!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e volte sempre!

Informativo KMM

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

BLOG: Informativo KMM

Minha foto

Com bela fotografia e conteúdos ecléticos, o BLOG Informativo KMM tornou-se um guia indispensável para o encontro dos profissionais e empresas do setor. Acompanhe e VISITE O BLOG! http://informativokmm.blogspot.com.br