30 julho 2012

GLEE! ADOLESCENTES E ADULTOS ADORAM!

Produções caprichadas e tramas mais elaboradas conseguem atrair público de várias gerações.

Por Solange Noronha

Bem produzidas e com tramas interessantes, os seriados voltados para o público teen — e às vezes até para o infantil — conquistam cada vez mais os adultos também. Além de proporcionar interação entre pais e filhos, ou avós e netos, alegra o assinante da TV paga, que tem mais opções na programação. Isto é importante, especialmente, quando ocorre um movimento inverso nas séries ditas adultas: em muitas delas, personagens já na meia idade — e às vezes até na terceira — agem como adolescentes e as tramas são tão bobinhas que provocam vergonha em quem vê, pois não estamos falando de comédias (intencionais). Sem contar que, vira e mexe, bagunçam um time que estava ganhando — como o do Dr. House — e estragam o prazer do espectador.

Série para adolescentes conquistam adultos também!

 Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Glee

Glee é uma série de televisão musical comédia-drama estadunidense que vai ao ar no canal Fox. A trama centra-se no Clube Glee, o coral da escola, chamado de "New Directions" (Novas Direções) que compete nos circuitos de show coirs, enquanto os seus membros lidam com situações de relacionamento e questões sociais.
A série foi criada por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan, que primeiro concebeu Glee como um filme. Na televisão foi transmitida em 19 de maio de 2009, e a primeira temporada foi ao ar a partir de 9 de setembro de 2009. No Brasil estreou a 8 de junho de 2010 no canal da FOX Brasil e no dia 2 de julho de 2011, na Rede Globo. Em Portugal a série é transmitida pelo canal Fox Life, que estreou a terceira temporada a 8 de Janeiro de 2012, e pela TVI.
Na Rede Globo, a primeira temporada estreou em 2 de Julho de 2011 as 11h15 da manhã.A segunda temporada estreou em 5 de Janeiro de 2012 as 02:02 da madrugada. A terceira temporada estreou em 4 de Junho de 2012 as 02:02 da madrugada, que atualmente esta em exibição.

 

 RESUMO

O conceito da série é explorar situações verossímeis ou próximas do cotidiano de qualquer pessoa, através dos personagens que sempre se deparam com situações constrangedoras ou nas quais não tem solução ou resposta imediata adequada. Junte-se a isso a exibição do lado psicológico dos personagens (em diálogos interiores, narrados em off) e temos ao final dos episódios sempre uma reviravolta espetacular, com a solução do dilema. Glee é uma boa experiência de se fazer um seriado musical sem o clima de "conto de fadas" típico dos filmes americanos, mas mantendo a estética do "cinema Blockbuster" (cinema-pipoca).

 

PRINCIPAIS PRÊMIOS E INDICAÇÕES

Durante sua primeira temporada, Glee recebeu avaliações favoráveis ​​da crítica, com média ponderada Metacritic de 77 de 100 com base em dezoito revisões críticas. A temporada foi nomeada para dezenove Emmy Awards, quatro Globos de Ouro, seis Satelit Awards e e cinqüenta e sete outros prêmios, com vitórias, incluindo o Globo de Ouro 2010 para Melhor Série de Televisão - Comédia ou Musical, e prêmios Emmy de Jane Lynch, estrela convidada Neil Patrick Harris e de direção para Murphy pelo episódio piloto. Em 2011, o show mais uma vez ganhou o Globo de Ouro de Melhor Série de Televisão - Comédia ou Musical. Jane Lynch e Chris Colfer ganharam o Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Ator Coadjuvante, respectivamente; Matthew Morrison e Lea Michele também receberam indicações para Melhor Ator e Melhor Atriz, respectivamente. O show também foi escolhido pela Fox para preencher o intervalo de tempo desejado que se seguiu a cobertura do Super Bowl XLV, em 2011. Em 14 de julho de 2011, Glee foi nomeado para doze Emmys Primetime.

Qual seu personagem favorito em Glee? 

O meu personagem favorito é Kurt Hummel interpretado por Chris Colfer

Kurt é o personagem gay da série, ele canta maravilhosamente bem 

e é apaixonado por moda.

Photo posted by cathyeyre

Chris Colfer - Fan club album

 


A série às vezes demora a ousar em seus covers, mas quando faz chega a ser opressiva em seu brilhantismo. A versão de I Wanna Hold Your Hand, dos Beatles, ajuda a dar ainda mais profundidade ao divertido, debochado e inteligente episódio “Grilled Chessus”, que falava de religião de uma maneira inusitada. Chris Colfer dá muita emoção aos vocais e o novo arranjo elevou a música a outros patamares. Um achado!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e volte sempre!

Informativo KMM

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

BLOG: Informativo KMM

Minha foto

Com bela fotografia e conteúdos ecléticos, o BLOG Informativo KMM tornou-se um guia indispensável para o encontro dos profissionais e empresas do setor. Acompanhe e VISITE O BLOG! http://informativokmm.blogspot.com.br