25 fevereiro 2013

10 concursos de beleza incríveis e bizarros!


Por Natasha Romanzoti 
Padrão de beleza é algo que muda ao longo do tempo. O que era considerado atraente para os olhos da sociedade em um ponto na história já não o é hoje, bem como nossos padrões atuais devem se transformar no futuro.
Uma coisa que parece permanecer estática, no entanto, especialmente nos últimos tempos, é a existência e adoração de concursos de beleza. Muitas vezes vistos como instituições vulgares que sustentam uma sociedade obcecada com a beleza “perfeita”, existem alguns que têm um objetivo exatamente contrário: o, de alguma forma, dissipar esse mito. Confira 10 concursos de beleza diferentes:

10. Miss Mina Terrestre

10
À primeira vista, um concurso para encontrar a mulher mutilada angolana mais bonita parece cruel. No entanto, apesar de só ter existido uma edição (em 2008), o concurso fez exatamente o que se propôs a fazer: chocar, surpreender e iniciar uma conscientização e sensibilização das vítimas de minas terrestres na África.
A ideia do diretor de teatro norueguês Morten Traavik foi acusada de ser exploradora desde o início, um show de horrores moderno. No entanto, ele acredita que o concurso defendeu “o orgulho e a concessão sobre a perfeição física”. O que a vencedora recebeu? O primeiro prêmio foi uma prótese de perna de alta qualidade feita de ouro, mas as vítimas de minas terrestres da Angola foram as vencedoras em geral.
Traavik desenvolveu a ideia quando percebeu a quantidade de vítimas de minas terrestres na Angola, uma repercussão da guerra civil de 20 anos, bem como a quantidade de concursos de beleza realizados nas ruelas por crianças. Casando esses dois elementos, e com apoio de instituições e governos da Noruega e Angola, um show foi criado como uma forma de fomentar uma rede de apoio para as vítimas de minas terrestres e reunir informações sobre cuidados de saúde e educação para outras pessoas também.
Nos olhos de Traavik, o concurso foi um sucesso absoluto, pois provocou conversa sobre vítimas de minas terrestres em todo o mundo.

9. Miss Klingon

Na convenção sobre Star Trek “TrexTrax”, em Atlanta (EUA), você pode fazer qualquer coisa em Klingon. Há jogos em Klingon, karaokê Klingon, demonstração de Bat’leth (que é a arma Klingon), uma palestra sobre linguagem Klingon, incluindo como dizer “Onde está o banheiro?” e outras coisas, e, por último, mas não menos importante, o concurso de beleza Miss Império Klingon. As vencedoras celebram cortando a cabeça de demais candidatas – ou pelo menos ameaçando-as da forma convincente que só os fãs de ficção científica sabem fazer.

8. Miss Átomo

8
Miss Átomo foi um concurso de beleza gerido pelo site Nuclear.Ru, uma empresa de energia nuclear com base na Rússia. O objetivo do concurso era destacar as senhoras encantadoras que trabalhavam na indústria da energia nuclear (de centros de pesquisa a estações nucleares federais e até mesmo estudantes de energia nuclear), a fim de encorajar os outros a ver a energia nuclear como uma opção de carreira viável.
O concurso correu por mais de oito anos (2004-2011) e contou com garotas da Rússia, Ucrânia, Bielorrússia, Cazaquistão e Lituânia. Os organizadores esperavam que a associação de mulheres bonitas com o mundo nuclear em geral ajudaria a dar uma nova visão não tão negativa da indústria.

7. Miss Beleza Moral

7
Como é possível fazer um concurso de beleza quando a pessoa inteira está coberta? Julgando a beleza interior. Este concurso da Arábia Saudita é um pouco diferente do habitual, porque as concorrentes mostram somente seus olhos. Elas são julgadas baseadas em seus valores familiares, morais e sociais ao longo de um período de três meses. A vencedora ganha dinheiro, um relógio de diamantes, um colar de pérolas e uma viagem para a Malásia.

6. Miss Camisinha

6
Na Tailândia, apresentando 20 mulheres de quatro países diferentes, ocorreu o concurso Miss Camisinha, na qual as candidatas tiveram que mostrar suas habilidades com o preservativo, soprando-o e deslumbrando os juízes com seu conhecimento sobre HIV.
Instituído pelo senador Mechai Viravaidya, também conhecido como Sr. Camisinha (sério), o concurso teve como objetivo remover o estigma que envolve o uso de preservativos na Tailândia conservadora, e foi mais uma de uma longa lista de acrobacias feitas pelo governo tailandês para promover o sexo seguro –como policiais que distribuíram preservativos para motoristas em engarrafamentos.

5. Miss Perna de Mosquitos

5
No Great Texas Mosquito Festival, um festival para homenagear mosquitos em Clute (Texas, EUA), todo o tipo de atividades estranhas são realizadas. Mas a mais bizarra tem que ser o concurso de beleza Sr. e Sra. Pernas de Mosquito. Os participantes colocam um par de shorts e exibem suas pernas, com o melhor par ganhando o título inútil.

4. Miss Nação Navajo

4
Sim, você pode ficar bem em um maiô, mas você sabe matar uma ovelha? Acredite ou não, carnificina é um dos requisitos para ganhar o concurso de beleza Miss Nação Navajo (grupo nativo americano) que ocorre desde 1952, embora as coisas tenham mudado muito desde então.
Originalmente, a vencedora era escolhida depois de um teste simples de aplausos. Hoje, a vencedora do Miss Nação Navajo deve exibir habilidades superiores em ambos os modos tradicionais e modernos da vida Navajo. Competidoras precisam falar tanto navajo quanto inglês; ter um bom conhecimento da cultura e tradição Navajo; demonstrar capacidade para fazer duas ou três atividades tradicionais (tecelagem, abatimento animal ou moimento de milho, por exemplo) e contemporâneas (canto, dança ou ginástica, por exemplo) da nação Navajo, e deve representar a feminilidade através dos papéis “avó, mãe, tia e irmã”. Uma vez eleita, a Miss Nação Navajo ganha um apartamento luxuoso novo e é paga para viajar o mundo por um ano inteiro ensinando sobre a nação Navajo.

3. Miss Vampira Americana

3
Qualquer um pensaria que a era da obsessão por vampiros é essa, que acompanha a saga Crepúsculo. Porém, em 1970, o povo da Transilvânia já abalava muito os EUA com “Dark Shadows”. Miss Vampira Americana, por exemplo, foi um concurso realizado para promover o filme “The House of Dark Shadows”. A vencedora Sacheen Littlefeather foi coroada em televisão nacional e, curiosamente, dois anos mais tarde, em 1972, recebeu o prêmio Oscar de Melhor Ator em nome de Marlon Brando.

2. Miss Freira

2
É sempre horrível admitir que você acha uma freira atraente? Provavelmente. E o estigma é presumivelmente maior se você é um sacerdote católico italiano. Mas isso não impediu o Padre Antonio Rungi, que decidiu criar uma competição em seu blog em 2008 para encontrar a freira mais bonita. Aberta a senhoras da igreja com idade entre 18 e 40 anos, cada candidata era representada com uma imagem e um “perfil espiritual”. No entanto, apesar de insistir que seus motivos para a Miss Freira Itália eram celebrar a beleza interior das mulheres, o padre Rungi e seu concurso foram inundados em controvérsia, e seus superiores cancelaram o evento.

1. Miss Irlanda Alternativo

Também conhecido como “Natal Gay”, o concurso anual Alternative Miss Ireland (Miss Irlanda Alternativo ou AMI) ocorreu por 18 anos em Dublin até 2012. O evento se orgulhava de discutir “gênero” e “beleza alternativa”, e era aberto a todo tipo de participante, “homens, mulheres e qualquer outra coisa”.
Ao longo dos anos, os talentos dos participantes variaram tanto quanto deitar em uma cama de pregos, e o vencedor ganhava uma cobiçada Coroa Medusa de Trevos. O concurso não existe mais, mas seu legado vive, já que arrecadou mais de 300.000 euros (cerca de R$ 771.490) para conscientização sobre HIV e AIDS na Irlanda.  [Listverse]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e volte sempre!

Informativo KMM

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

BLOG: Informativo KMM

Minha foto

Com bela fotografia e conteúdos ecléticos, o BLOG Informativo KMM tornou-se um guia indispensável para o encontro dos profissionais e empresas do setor. Acompanhe e VISITE O BLOG! http://informativokmm.blogspot.com.br