02 outubro 2016

LEI DO RETORNO

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - Esteja atento aos seus pensamentos - Preste muita atenção à LEI DO RETORNO. Os efeitos das emoções e pensamentos negativos no nosso corpo

Esteja atento aos seus pensamentos

 

 



 
 
Preste muita atenção à LEI DO RETORNO. 

Se hoje você está numa situação difícil, se costuma reclamar de tudo, 
está colhendo o fruto daquilo que pensou, falou ou agiu ontem,
 multiplicado pela energia agregada pela lei da sintonia, colhida
 de outros pensamentos semelhantes, enquanto trafegava pelo
 universo, retornando a você, agindo em você. Tudo foi criado 
por você.

Você é dono do seu mundo, você é o criador, através do livre arbítrio.
 Se está pensando, está criando. Se está ferindo, será ferido, se sente
 inveja, ódio, rancor, colherá os frutos que não podem ser diferentes 
do que plantaste.

Se está bem, continue assim, enviando bons pensamentos ao Universo, 
é sinal que você está sabendo utilizar a energia do amor.

Pense com amor a tudo e a todos, especialmente aos que lhe são mais
 caros e, seus inimigos também, então poderá ver e sentir os belíssimos 
frutos que irá colher em teu ser.

Os efeitos das emoções e pensamentos negativos no nosso corpo

 





Os efeitos das emoções e pensamentos negativos no nosso corpo


A relação entre as emoções e o nosso corpo é bem conhecida pela sabedoria popular.
Algo que percebemos graças à experiência e ao instinto.
Por exemplo, é comum sentirmos dor de barriga antes de uma prova, entrevista de emprego ou outra situação em que seremos avaliados.
A dor de estômago também pode ser sintoma de estresse, como quando temos dificuldades no trabalho, nos relacionamentos ou problemas financeiros.
Dificuldades para dormir, perda do apetite e tremores também são sintomas de uma mente estressada.
A ansiedade pode levar algumas pessoas a procurar conforto na comida, sobretudo em alimentos ricos em açúcar e carboidratos, como chocolate, bolos, biscoitos, coxinhas, pizzas etc...
Isso pode levar ao aumento de peso e a todos os problemas associados a ele.
A vergonha faz nosso rosto ficar vermelho e o medo faz com que o nosso rosto fique pálido. 
Quando a emoção é muito forte, o coração bate mais rápido, aumentando a pressão arterial.
Enfim, há muitas “provas” de que as emoções têm influência direta sobre o nosso corpo, o que pode causar doenças. 






Constantemente, temos um “diálogo interno” com nós mesmos, sem que nos demos conta.
São as histórias que repetimos por dias, meses, anos, décadas e por toda a vida, sobre quem somos, o que podemos ou não fazer, o que outras pessoas nos fizeram, etc...

Quando esse diálogo é muito negativo, ele traz consequências danosas para a saúde física e mental.
Exemplos de diálogos internos negativos:
– “Sou muito burra”.
– “Sou muito gorda”.
– “Não consigo emagrecer”.
– “As pessoas vivem me passando para trás”.
– “Ninguém gosta de mim”.
– “Não sou (bonita/inteligente/rica/boa…) o bastante”.
E por aí vai.
Uma boa maneira de combater esses pensamentos negativos é fazendo terapia.
E anotá-los em um diário e questioná-los também é bastante eficaz, pois você se tornará consciente de seu próprio diálogo interno.
Outro efeito nocivo desses “diálogos internos” inconscientes é que eles vão atrair pessoas que pensam como você a seu respeito.
Assim, se você acreditar que é “burra”, por exemplo, atrairá pessoas em sua vida que vão confirmar esse pensamento. 
 




Não podemos “controlar” nossos pensamentos e emoções, mas podemos adotar práticas saudáveis que nos ajudarão a lidar melhor com eles.
Os seres humanos experimentam uma série de emoções em quantidades diferentes e vai desde a felicidade, tristeza à alegria extrema e depressão. 
Cada uma destas emoções cria um sentimento diferente dentro do corpo.
Quando você tem uma dor, uma sensação de aperto no peito ou lesões em certas áreas está muitas vezes relacionado a algo emocional. 
À primeira vista pode não ter sentido para você porque nós fomos educados a desvincular emoções, a olhar para fora de nós mesmos, mas é muitas vezes a maior verdade que podemos aprender. 
Quando se tem dores crônicas como nas costas, joelhos, pescoço e ombros, deve além de exercitar-se com um fisioterapeuta entender que é preciso procurar ajuda de um profissional que irá lidar com as emoções que estão por trás.
Quando você fica doente ou sente um aperto no peito, pode significar que o seu corpo está pedindo para observar a si mesmo e o ambiente que está vivendo. 
É um processo de aprendizagem e crescimento. 
Não temos que julgar, nem ter medo apenas devemos observar, aceitar, como na experiência do condutor mais sábio.



A pele é um órgão protetor composto por camadas de células epiteliais sobrepostas.
Ela nos fornece informações importantes sobre nossa saúde e desgaste do organismo.
Sua cor e textura podem informar, entre outros problemas, a falta de vitaminas, o excesso de tensão no cotidiano ou a invasão de agentes agressores, portanto devemos nos manter atentos aos sinais oferecidos por este importante órgão e aos instrumentos que dispomos para cuidar dele.
A relação deste órgão com o funcionamento de outros corpos fica clara quando percebemos que nossas preocupações mentais contraíram o corpo emocional causando alterações que denominamos de angustia ou ansiedade e que acabam por produzir eczemas ou outros tipos de problemas na pele.
Citei esse pequeno exemplo para você entender a extensão dos problemas que podemos causar com nossos pensamentos e sentimentos. 
 
 
http://holisticocromocaio.blogspot.com.br/2016/09/despertando-o-conhecimento-esteja.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário e volte sempre!

Informativo KMM

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

BLOG: Informativo KMM

Minha foto

Com bela fotografia e conteúdos ecléticos, o BLOG Informativo KMM tornou-se um guia indispensável para o encontro dos profissionais e empresas do setor. Acompanhe e VISITE O BLOG! http://informativokmm.blogspot.com.br